terça-feira, 30 de junho de 2015

Inteligência Artificial: Especialistas Alertam "Domínio" Humano na Terra pode Acabar



ou tarde, advertem os cientistas, o ser humano deixará de ser o dono da Terra para dar lugar ao domínio de novas espécies. Sem dúvidas, o Homo Sapiens ainda é a espécie biológica mais desenvolvida da Terra, mas os especialistas dizem que chegará o momento de ceder seu domínio a novos herdeiros, entre os quais podem estar as espécies criadas pela própria humanidade. Abaixo, seguem algumas das criaturas que poderão governar o planeta em um futuro distante.
Fauna 'inteligente': Especialistas como o bioeticista canadense George Dvorsky sustentam que o ser humano tem o imperativo moral de aumentar o nível de inteligência de outros seres, tão logo as ferramentas técnicas o permitam. Eles afirmam que é preciso ajudar os animais a pensar, para acabar com a injusta vantagem que tem o homem sobre eles.
Grey goo: A hipótese do grey goo aponta que o crescente desenvolvimento da nanotecnologia molecular levanta a possibilidade de a raça humana ser extinta, vítima de um conjunto de robôs miniaturizados, que poderão se reproduzidos sem controle, utilizando para si toda a matéria viva do planeta.
Castas genéticas: O politólogo norte-americano Francis Fukuyama diz que a ideia de um “trans-humanisno”, ou seja, seres humanos aperfeiçoados por meio da tecnologia genética, é extremamente perigosa. Ele afirma que seu desenvolvimento implicaria o fim da igualdade e das ideias liberais, representado por castas genéticas, originadas por pessoas com altos recursos materiais para conceber filhos com capacidades superiores.
Inteligência artificial: Especialistas como Elon Musk e Stephen Hawking mostram sua preocupação com relação à inteligência artificial, que poderia substituir os seres humanos. “As formas primitivas da inteligência artificial serão úteis, mas considero que o desenvolvimento seguinte da inteligência artificial significará o fim da humanidade. As pessoas, em sua lenta evolução biológica, não serão capazes de competir e serão substituídas”, afirma Hawking.
Espécies humanoides: Embora alguns cientistas considerem pouco provável, dado o processo evolutivo da humanidade, é possível que daqui a alguns milhões de anos surjam novas espécies. Habitar outros planetas e sistemas solares abriria a porta para o surgimento de novas espécies humanoides, adaptadas a múltiplas e diferentes condições planetárias.
Fonte:http://www.seuhistory.com 





0 comentários:

Postar um comentário

Ezeki Nunes. Tecnologia do Blogger.

Mapa de Visitantes