segunda-feira, 18 de maio de 2015

A Ligação Entre Maçonaria e o Templo de Salomão.



A maçonaria uma das maiores sociedades secretas da historia humana, esta presente nos mais inumerosos setores políticos e religiosos que estão ao nosso redor. Neste post tentarei explicar de uma forma rápida e bem explicada, um pouco sobre as raízes  da maçonaria dentro do cristianismo, uma ligação que para muitos é inaceitável, pois de muitas forma balança suas crenças religiosas e morais. É importante ressaltar que a maçonaria não é, e nunca foi uma religião, apesar de ter muitos laços dentro do cristianismo, a maçonaria é uma sociedade secreta, portanto seus locais de reunião, são chamados erroneamente de templos, quando na verdade a referencia certa seria loja (lojas maçônicas). 

Como uma das principais historias da presença maçônica dentro do cristianismo, temos a lenda de Hiram Abiff, 

A Bíblia, faz menção a  dois hiram em seus escritos, temos Hirão rei de Tiro, e Hiram Abiff, sendo ele quem seria enviado pelo rei de Tiro, para que embelezasse o Templo do Rei Salomão. Hiram, o arquiteto, era filho de uma mulher da tribo de Dan e de um homem tírio chamado Ur, que significa "forjador de ferro", (II Crônicas, 10). Ou  filho de uma viúva da tribo de Naftali (Reis I, 7:13)

 Hiram o arquiteto existiu; a história dos Hebreus o refere; e ele foi assassinado por três construtores porque ele era o único que sabia decifrar as escrituras do templo de Salomão, as quais alguns tinham cobiça. Todos os Graus do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria contém uma parcela da Lenda de Hiram Abiff e um dos Landmarks determina que seja observada essa Lenda. Na realidade ela possui uma simbologia esotérica e toda liturgia iniciática maçônica a envolve. Na lenda de Hiram Abiff, surgem três "Assassinos", que feriram a morte ao Mestre, através de golpes com instrumentos de trabalho, a régua, o esquadro e o maço. Todos os golpes contribuíram para essa morte e todos os produziram com excessivo dolo. Diz-se em maçonaria, "Assassino", aquele que "trai" os ideais maçônicos, pois "destrói" a vida espiritual.  interesse maçônico diz respeito a Hiram Abif. Significa "seu pai". É também, um título de respeito. O Rei de Tiro ao referir ao seu artífice chama-o de "meu amo Hiram". No Livro de Crônicas, é chamado de "Seu Pai, Hiram Abiff". O sobrenome resulta em seu título de honra: Hiram, o pai da construção do Grande Templo.

0 comentários:

Postar um comentário

Ezeki Nunes. Tecnologia do Blogger.

Mapa de Visitantes