quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Black Kinght - Seria um Satellite Alienígena??




O Black Kinght é um satélite, de origem desconhecida, descoberto em 1960, a noticia tomou rapidamente os jornais pelo mundo. m fevereiro de 1960 os EUA detectaram o objeto desconhecido em órbita polar, um feito que nem eles ou os russos podiam realizar na época. Como se não bastasse, foi calculado que o objeto era de 15 toneladas, ou seja, muito maior que qualquer coisa já lançada no espaço. Nenhum país poderia levantar voo a um objeto de tamanha escala.

Robert L Johnson, diretor do planetário Adler disse sobre o objeto:
“O objeto não tem a decência de manter uma escala regular como qualquer outro objeto que o homem viu”. “Nós nem ao menos sabemos quando ou como avistá-lo...”.
Ele aparece em algumas noites, e em outras não. Em 3 de Setembro de 1960, sete meses depois que o satélite havia sido detectado pela primeira vez por radar, uma câmera de busca da companhia Grumman Aircraft Corporation's factory de Long Island tirou uma foto do objeto.
Muitas testemunhas ocasionalmente avistaram o objeto por mais ou menos duas semanas. As mesmas relataram um objeto piscando em vermelho e se movendo em uma órbita de leste a oeste.  Sendo que os satélites da época se moviam apenas de oeste a leste. A sua velocidade também era de três vezes a de um satélite normal. Um comitê foi formado para examiná-lo, mas desde então nenhuma nova informação surgiu publicamente.
Três anos depois Gordon Cooper foi lançado ao espaço para uma missão em órbita.  Nos momentos finais da missão, ele reportou ter visto um objeto piscando uma luz de coloração verde, a frente de sua cápsula e vindo na sua direção. È dito que Gordon Cooper reportou o avistamento a estação de rastreamento australiana Muchea, que pôde rastrear o objeto via radar, viajando em órbita de leste a oeste.
Este evento foi reportado pela rede de TV NBC, mas os repórteres foram proibidos de fazer perguntas sobre o incidente a Gordon Cooper durante a sua aterrissagem.
A explicação oficial apresentada foi a de que uma pane elétrica na cápsula causou altos níveis de dióxido de carbono, que teriam induzido Gordon Cooper a alucinações.

E então, o mais estranho aconteceu: Operadores de rádio amador começaram a receber estranhas mensagens codificadas.  E nos anos 70 o cientista e astrônomo escocês Duncan Lunan revelou ter decodificado uma das transmissões. Duncan traçou uma linha central vertical da seqüência de pulso transmitida com um eixo horizontal de tempo de eco de atraso. O resultado? Um mapa estelar que foca o sistema estelar Epsilon Bostes (como era a 13,000 anos atrás visto da terra). 
Mas isso não é tudo. Havia uma mensagem escondida nos pontos em seu gráfico. Lunan foi capaz de traduzir em Inglês simples o significado dessas discrepâncias de atraso de eco, provando talvez que eles são manipulações propositais dirigidas por uma inteligência avançada.

A mensagem é a seguinte:

Comece por aqui.
Nossa casa é Episilon Bootis.
Que é uma estrela dupla.
Vivemos no sexto planeta de 7 - Verifique se, 6 de 7 -
Contando para fora a partir do sol
Que é o maior dos dois.
Nosso sexto planeta tem uma lua.
Nosso quarto planeta tem três,
Nosso primeiro e terceiro planeta tem cada um tem uma.
Nossa sonda está na órbita de sua lua
Isso atualiza a posição dos ARCTURUS mostrados em nosso mapas.

Mensagem original em  inglês:

START HERE.
OUR HOME IS EPSILON BOOTIS.
WHICH IS A DOUBLE STAR.
WE LIVE ON THE 6th PLANET OF 7 - CHECK THAT, 6th OF 7 -
COUNTING OUTWARDS FROM THE SUN
WHICH IS THE LARGER OF THE TWO.
OUR 6th PLANET HAS ONE MOON,
OUR 4th PLANET HAS THREE,
OUR FIRST AND THIRD PLANETS EACH HAVE ONE.
OUR PROBE IS IN THE ORBIT OF YOUR MOON
THIS UPDATES THE POSITION OF ARCTURUS SHOWN ON OUR MAPS





Em "Disneyland of the Gods", de John Keel, ele relata em profundidade sobre este satélite:

    "Em fevereiro de 1960, os EUA detectaram um objeto desconhecido em órbita polar, uma proeza que nem eles nem a URSS conseguiram realizar.Como se isso não fosse suficiente, aparentemente era de vários tamanhos maiores do que qualquer um dos países teria sido capaz Para descer do chão.

    E então, a estranheza começou. Os operadores de HAM começaram a receber mensagens codificadas estranhas. Uma pessoa em particular disse que conseguiu decodificar uma das transmissões, e correspondia a uma estrela. Um gráfico de estrelas que teria sido traçado da terra há 13.000 anos e focado no sistema estelar Epsilon Bostes.

    Em 3 de setembro de 1960, sete meses depois que o satélite foi detectado pela primeira vez por radar, uma câmera de rastreamento na fábrica Long Island da Grumman Aircraft Corporation tirou uma fotografia dela. As pessoas no chão ocasionalmente estavam vendo isso por cerca de duas semanas naquele ponto. Os espectadores iriam fazê-lo como um objeto vermelho brilhante movendo-se em uma órbita leste-oeste. A maioria dos satélites do tempo, de acordo com o pouco material que eu tenho sido capaz de encontrar no satélite do cavaleiro negro, mudou de oeste para leste. É velocidade também foi cerca de três vezes normal. Um comitê foi formado para examiná-lo, mas nada mais foi tornado público.

    Três anos mais tarde, Gordon Cooper foi lançado no espaço para uma missão de 22 órbitas. Em sua órbita final, ele relatou ver uma forma verde brilhante à frente de sua cápsula, e dirigindo em sua direção. Diz-se que a estação de rastreamento Muchea, na Austrália, que Cooper relatou isso também foi capaz de pegá-lo no radar viajando em uma órbita leste-oeste. Este evento foi relatado por NBC, mas os repórteres foram proibidos de perguntar a Cooper sobre o evento em seu desembarque. A explicação oficial é que um mau funcionamento elétrico na cápsula tinha causado altos níveis de dióxido de carbono, que induzia alucinações. [1]

Agora, eu [webmaster] não consegui encontrar relatos sobre este satélite de qualquer fonte de notícias, mas dado as fotos recentemente descobertas de imagens de satélite russo e as histórias sobre objetos desconhecidos que os primeiros astronautas dos EUA viram, estou inclinado a Acreditam que este satélite existia. No entanto, a questão é a sua origem - foi um projeto militar secreto dos EUA, um artefato do início da história, ou extraterrestre? A evidência é insuficiente para determinar a resposta.



De acordo com as agências de monitoramento em todo o mundo, o satélite Black Knight vem transmitindo sinais de rádio há mais de 50 anos.

Os EUA e a União Soviética mostraram interesse particular por este "objeto espacial não identificado"
Os rumores são de que foi Nikola Tesla o primeiro homem a "interceptar" um sinal do satélite preto cavaleiro em 1899, após a construção de um dispositivo de rádio de alta tensão em Colorado Springs.

Desde os anos 30, os astrônomos de todo o mundo têm relatado estranhos sinais de rádio que alegadamente vêm do "Black Knight".

Em 1957, o Dr. Luis Corralos, do Ministério das Comunicações da Venezuela, fotografou-a enquanto tirava fotos do Sputnik II quando passou por Caracas.

A história do Cavaleiro Negro fez sua estréia na mídia na década de 1940, quando o St. Louis Dispatch eo San Francisco Examiner escreveu sobre o "Satellite" em 14 de maio de 1954.

The Time Magazine escreveu sobre o Black Knight Satellite no dia 7 de março de 1960.
Em 1957, um "objeto" desconhecido foi visto "obscurecendo" a Nave Sputnik 1. Segundo relatos, o "objeto não identificado" estava em órbita Polar.

Em 1957, os Estados Unidos nem os russos possuíam a tecnologia para manter uma espaçonave na órbita polar. O primeiro satélite Orbital-Polar foi lançado em 1960.
As órbitas polares são usadas frequentemente para o mapeamento de terra, a observação da terra, capturando a terra enquanto o tempo passa de um ponto e de satélites do reconhecimento. Isso colocaria o Black Kinght na categoria de um satélite observacional.

Na década de 1960 o Black Knight satélite foi localizado mais uma vez na Polar Orbit. Astrônomos e cientistas calcularam que o peso do objeto seria superior a 10 toneladas, o que seria na época o Satélite Artificial Mais Pesado para orbitar nosso Planeta.

A órbita do Black Knight era diferente de qualquer outro objeto orbitando a Terra.
A Grumman Aircraft Corporation deu muita importância a este misterioso "Satélite", em 3 de setembro de 1960, sete meses depois que o satélite foi detectado pela primeira vez por radar, uma câmera de rastreamento da fábrica de Long Island da Grumman Aircraft Corporation tirou uma fotografia do satélite Black Knight.

A Grumman Aircraft Corporation formou um comitê para estudar os dados recebidos das observações feitas, mas nada foi tornado público..

Mapa Estelar localização do sistema Epsilion Boots

Fotos de Satélites Russos









Estrelas do sistema  Epsilion Boots, suposta moradida dos alienigenas

0 comentários:

Postar um comentário

Ezeki Nunes. Tecnologia do Blogger.

Mapa de Visitantes